A Prefeitura de Cambé, por meio das secretarias de Educação e Cultura, de Agricultura e Meio Ambiente e de Segurança Pública e Trânsito, promove o na quinta-feira (21). O evento será na Rua Francisco Lopes Hernandez, nº 432, a partir das 9h, e contará com o plantio de árvores e ações de conscientização e educação sobre a importância das árvores, poluição do meio ambiente, sustentabilidade e um futuro melhor.

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil há 101 anos, no dia 21 de setembro, relacionado ao início da primavera. Já o Dia Mundial Sem Carro aconteceu primeiro em Paris em 1997, mas ganhou o mundo, sendo realizado em diversos países em 22 de setembro. No entanto, as duas datas têm relação estreita por conta da preservação do meio ambiente. As árvores são essenciais para a manutenção da vida no planeta, e o uso excessivo dos automóveis é um dos principais responsáveis pela poluição do ar e aquecimento global.

Dia da Árvore

De acordo com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, as ações do Dia da Árvore buscam reforçar a importância das árvores, como produção de oxigênio, a regulação do clima, a proteção do solo e da água, e o fornecimento de abrigo e alimento para a fauna. Em média, uma árvore adulta tem a capacidade de absorver cerca de 22 kg de CO2 por ano. Com isso, ao plantar uma árvore, contribui-se para a preservação do meio ambiente e para a melhoria da qualidade de vida de todos.

Anderson Teodoro, diretor do Departamento Ambiental da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, afirma que entre as ações serão feitos o plantio de mudas de árvores no complexo que contém a Clínica da Mulher e da Criança, Escola Municipal Professora Lourdes Gobi Rodrigues, CMEI Rosa Raminelli de Oliveira, UBS do Ana Rosa e entorno. “Serão feitos o plantio de aproximadamente 30 mudas de árvores ali na faixa de calçada, além da distribuição de algumas mudas para a população que queira fazer o plantio na frente de suas residências. Iremos destacar a importância da árvore, como ajuda na questão climática, emissão de oxigênio, melhoria na qualidade de vida para as pessoas, alimento para a fauna, proteção de rios e solo. A árvore é fundamental para a vida.”

Dia Mundial Sem Carro

Por outro lado, conforme informações da Secretaria de Segurança Pública e Trânsito, o objetivo do Dia Mundial Sem Carro é conscientizar as pessoas sobre os problemas causados pelo uso excessivo dos automóveis como poluição do ar, emissão de gases de efeito estufa, congestionamento do trânsito e a dependência do petróleo. Ao deixar o carro em casa, busca-se contribuir para a redução da poluição do ar e dos gases de efeito estufa, já que um carro a gasolina emite entre 10 a 25 kg de CO2 a cada 100 km rodados, ajudando a combater o aquecimento global.

A secretária de Segurança Pública e Trânsito, Danaê Fernandes, diz que o Dia Mundial Sem Carro é um convite para refletir sobre os impactos negativos de moldar as vidas e cidades em função do automóvel. Segundo ela, dentre todos os meios de transporte, o carro é o que mais consome espaço, produz poluição, lesões físicas, além do alto custo financeiro, social e ambiental. A secretária ainda complementa que já se tem comprovações suficientes para entender que colocar o automóvel como personagem principal do desenvolvimento da cidade diminui a convivência dos habitantes, aumentando taxas de obesidade e doenças crônicas.

“Dedicar um dia de nossas vidas para procurar outros modos de transporte pode ser o início de uma transformação de hábitos e uma tomada de consciência para construirmos juntos outras possibilidades de transportes mais saudáveis e eficientes. Quando pensamos em mobilidade urbana sustentável, desenvolvemos formas para tornar nossa cidade mais saudável, dando ênfase ao transporte a pé, por bicicleta e ônibus, ou seja, os modos de transporte ativos e coletivos, que são mais democráticos, inclusivos, e podem ser confortáveis e seguros, desde que nos esforcemos para que isso aconteça. Priorizar os modos de transportes mais sustentáveis no planejamento e desenvolvimento urbano é a resposta para construirmos cidades mais vibrantes, e Cambé está iniciando essa tendência” enfatizou a secretária.

Preocupação com o meio ambiente e um futuro mais sustentável

As ações realizadas em conjunto, marcando as celebrações do Dia da Árvore e Dia Mundial Sem Carro destacam o compromisso da gestão por uma Cambé mais sustentável e preocupada com a preservação ambiental. Desde o início de 2021, entre mudas plantadas e doadas para a população pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, já são mais de 6 mil espécies de novas árvores em Cambé.

“O município se preocupa de fato com a conservação ambiental, e tem feito tanto a doação como o plantio dessas árvores em toda Cambé. Também buscamos fazer uma análise geral e identificar casos que também demandem substituição das espécies arbóreas. Tudo com foco na qualidade de vida, no bem-estar da população, nos benefícios que as árvores trazem”, concluiu Teodoro.

Hoje, para pedir a substituição de uma árvore que está comprometida ou inapropriada por conta de espaço ou outros fatores, é só ir até a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente com documento pessoal e comprovante de residência e solicitar uma vistoria de técnicos da Prefeitura para identificação da situação. Caso seja aprovado, será feita a emissão da autorização para a própria pessoa retirar a árvore e depois a Secretaria replantar, ou a Secretaria fazer o serviço completo. Já para pedir uma nova muda de árvore, deve-se comparecer pessoalmente na Secretaria com o CPF em mãos, fazer uma requisição e ir até o horto municipal retirar a planta.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente fica localizada na Rua Francisco Delgado Sanches, 189, e funciona de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

 

Escrito por Vinicius Augusto Batista Eira

Compartilhe