A politica Municipal de Assistencia Social no município de Cambé é desenvolvida pela Secretaria Municipal de Assistência social volta seu trabalho para a população mais vulnerável, atuando de forma descentralizada, proxima de quem precisa de proteção social. A vigilância socioassistencial é permanente e busca identificar as famílias prioritárias para intervenção, especialmente aquelas que não acessam a abrangente da rede de serviços disponíveis no município. Todas as famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade ou risco social são Cadastradas no Cadastro Único, sejam aqueles que procuram os serviços ou aqueles que são identificados através da busca ativa feita pelos servidores municipais.

A emancipação das famílias é o objetivo principal. Uma pessoa ou uma família emancipada é aquela que deixa de ser dependente de benefícios, que tem autoestima, que tem capacidade para resolver seus problemas e que tem um projeto de vida.

Dirigidos prioritariamente a famílias e indivíduos que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social, as ações desenvolvidas são organizadas em dois níveis de proteção social: básica e especial, tendo o território como espaço de expressão da cidadania e reconquista dos direitos sociais.

Atuar com premissas claras e diretrizes bem definidas.
Como:
Atuação integrada, com gestão descentralizada e articulação intersetorial.
Atuação por território, com centralidade da família.
Articulação e regulação da rede socioassistencial em parceria com os demais setores da sociedade.
Valorização das instâncias de controle social com a participação comunitária dos usuários.
Desenvolvimento das pessoas envolvidas na execução da política de assistência social.
Atuar com base no conhecimento da população, do local onde ela vive, estabelecendo, junto aos Conselhos Municipais as estratégias adequadas ao enfrentamento das desigualdades sociais e promovendo ações integradas entre os serviços oferecidos pela rede de proteção social.