A dose de reforço da vacina contra a Covid-19 vai estar disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) a partir desta terça-feira (22). A vacina é destinada para a população geral acima de 18 anos que recebeu a primeiro reforço (3º dose) há pelo menos quatro meses. As pessoas devem ir até uma das UBS da cidade das 8h às 17h com os documentos pessoais e a carteira de vacinação. 

Mayara Santos, responsável pelo Departamento de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, explica que a aplicação da vacina depende da disponibilidade das doses, que vêm do Ministério da Saúde e são distribuídas aos municípios da região pela 17ª Regional de Saúde. “Estamos vivenciando um aumento no número de casos de Covid-19 no município, mas as pessoas infectadas não têm apresentado a forma grave da doença por conta da vacinação, por isso é tão importante que todo mundo compareça e receba a dose”, ressalta. 

Segundo ela, as pessoas que já receberam a segunda dose do reforço da vacina – mesmo que há mais de quatro – não precisam tomar uma nova dose, pois já possuem a cobertura vacinal completa. Em relação às doses de reforço para os jovens de 17 anos ou menos, Santos ressalta que a Secretaria de Saúde de Cambé aguarda um posicionamento da 17ª Regional de Saúde.

Para quem está com alguma das doses atrasadas (primeira, segunda ou primeiro reforço), a aplicação da vacina já vem sendo feita em todas as UBS e não é necessário aguardar até terça-feira para receber a dose. “A população precisa entender a  importância que imunizante tem na proteção coletiva, já que diminui o risco de contágio e o surgimento de novas variantes do coronavírus”, finaliza.

Vacinação de crianças

A dose da vacina para crianças de seis meses a até dois anos de idade com alguma comorbidade também estará disponível nesta terça-feira (22) em todas as Unidades Básicas de Saúde das 8h às 17h. Os pais ou responsáveis devem levar os documentos pessoais, assim como a carteira de vacinação e os documentos da criança. Além disso, é necessário apresentar uma carta médica que identifique a comorbidade.