Os alunos do curso profissionalizante de informática básica oferecido pelo Instituto Leonardo Murialdo, responsável por administrar o estacionamento rotativo na cidade por meio de contrato com a Prefeitura, se formaram na quinta-feira (30/06). O curso é uma contrapartida contratual que prevê o investimento de parte do lucro gerado pela Zona Verde em  projetos sociais.

No total participaram 24 jovens de famílias de baixa renda que foram encaminhados pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Os cursos disponibilizados tiveram a duração de dois meses e ao final das aulas os participantes receberam um certificado de conclusão. Os alunos do curso têm entre 14 e 17 anos. As aulas tiveram início no dia 11/04 e foram realizadas na sede da Zona Verde, na Rua Pará 265.

O secretário de Governo, Frederico Ferreira, detalha que a Prefeitura tem um contrato de prestação de serviços de exploração do estacionamento rotativo com o Instituto Leonardo Murialdo. “Esse contrato prevê que parte do lucro da entidade fosse revertido em atividades e projetos sociais e isso foi iniciado aqui em Cambé em 2018. Como é uma entidade com fins sociais sem fins lucrativos próprios, parte do lucro é investido em ações sociais de capacitação profissional para jovens. Então toda a arrecadação deles paga os custos do processo, ou seja, os parquímetros e contratação dos profissionais que trabalham no estacionamento rotativo e a parte que é o lucro, que seria da entidade, é revertido em projetos sociais como esse”, ressalta. Pretendemos aumentar a quantidade de jovens atendidos para 60 vagas nos próximos cursos, grande parte dos usuários do Estacionamento Rotativo não sabem que ao pagar a tarifa da Zona Verde estão também contribuindo para a formação destes jovens que são de famílias de baixa renda, e também contribuem para a geração de empregos pois todos os colaboradores da Zona Verde são jovens que residem na nossa cidade.

Iasmine Calegari, assistente social do Instituto responsável pelo curso, explica  a importância das aulas para os jovens. “A gente iniciou esse curso de informática para mostrar que é uma matéria importante para os jovens ingressarem no mercado de trabalho. É um momento no qual eles estão procurando aprendizagem profissional, então colocar esse certificado no currículo é extremamente importante para eles”, destaca Calegari.

Segundo Calegari, as matrículas para as próximas turmas, que iniciarão em julho, já estão abertas. Para mais informações é necessário entrar em contato com a Assistente Social pelo número (43) 99920-0497 ou procurar a Sede da Zona Verde na Rua Pará 265, aberta de segunda-feira à quinta-feira, das 12h30 às 17h.