O público que visitar a Agência do Sistema Nacional do Emprego (Sine) em Cambé nos próximos dias poderá conferir uma exposição fotográfica que tem como protagonistas as alunas dos cursos profissionalizantes promovidos pela Prefeitura de Cambé por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal do Trabalho e Profissionalização de Cambé e da Secretaria de Assistência Social e Cidadania.

O Projeto Inspirar retrata a saga de oito mulheres que reverteram a participação nas qualificações em uma guinada para suas carreiras. O objetivo do projeto, como seu próprio nome revela, é que as pessoas tomem como inspiração o depoimento   dessas trabalhadoras que passaram a investir em si próprias. O Projeto Inspirar é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal do Trabalho e Profissionalização de Cambé com a Secretaria de Comunicação

As histórias de vida retratadas são diversas. Há quem buscou os cursos por enfrentar obstáculos para o ingresso no mercado de trabalho formal. É o caso de Daiane Roberta da Silva, de 38 anos, que conquistou o diploma de manicure. Ela sofreu um acidente que tirou sua autonomia, mas a nova profissão lhe permite trabalhar sem sair de casa. Cintia Aguiar formou-se no mesmo curso e viu no trabalho com unhas uma forma de conciliar a maternidade solo com a vida profissional.

Com a perda do emprego, Izaildes Santos da Silva, de 61 anos, iniciou a produção autônoma de pães caseiros. O curso de panificação lhe deu o ânimo para investir na atividade que também é uma aliada da sua saúde mental. Se há quem não encara a idade como um problema e continua com perspectivas profissionais na sexta década de vida, Stephany Barussi, 17 anos, nem atingiu a maioridade e já entrou para o ramo da maquiagem. Com a qualificação, o que era apenas um hobbie passou a ser fonte de renda e instrumento para elevar a autoestima de suas clientes.

Os registros são da fotógrafa Gisele Cabrera. Para ela, a exposição carrega um significado que vai além da profissionalização, busca mostrar histórias de pessoas reais que se reiventaram. Em meio a realidades tão desiguais, a mensagem a ser transmitida não é a romantização do sacrifício para vencer na vida. “Acredito que a exposição pode inspirar mais pessoas. Essas mulheres distintas, com origens distintas e cotidianos distintos se igualam na vontade de crescer, na sede de novos conhecimentos e novas experiências. Eu gostaria que a exposição despertasse essa fagulha de força e de resiliência que eu acredito existir em todas nós”, explica. Para a fotógrafa, essas mulheres mostraram que a capacitação não é apenas profissional. “As histórias delas me mostraram que o sucesso profissional não é o maior ganho. O que realmente é importante é em quem você pode se tornar durante a jornada”, finaliza.

Após o período na Agência do Trabalhador, a exposição será levada para outros pontos da cidade. 

Serviço – Exposição fotográfica do Projeto Inspirar

Onde: Agência do Sistema Nacional do Emprego (Sine), na avenida Inglaterra, 774, Centro.

Horário: Das 8h30 às 11h30 ou das 13h às 17h.